line
logo
Menu

Informativo

03/09 - Pesquisa da Fiocruz conta com a contribuição de cirurgiões-dentistas que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus

03/09/2020 às 17:28

Com o objetivo de conhecer melhor a vida e o trabalho dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia do coronavírus, a Fiocruz, em parceria com o Conselho Federal de Enfermagem e o Conselho Federal de Medicina, desenvolveu uma pesquisa direcionada a estes profissionais, incluindo os cirurgiões-dentistas.

“É importante que todos os cirurgiões-dentistas que trabalham na assistência à população com suspeita ou diagnóstico de covid-19 contribuam para a pesquisa e colaborem com as suas visões dos atendimentos realizados”, declara o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), Marcos Capez.

O estudo tem como intuito conhecer as condições de trabalho dos profissionais que atuam diretamente na assistência e no combate à covid-19. “Mesmo diante de um cenário de pandemia, observamos denúncias e relatos de profissionais que estão em situação de precarização do vínculo de trabalho, salários atrasados, insegurança e sobrecarga que geram stress, adoecimento e desgastes físicos e psíquicos. Conhecer a realidade desse profissional contribuirá para o direcionamento de ações, estratégias e políticas públicas que promovam a melhoria das condições de trabalho das categorias atuantes no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A participação dos profissionais é muito importante para delinearmos o cenário atual”, afirmou a pesquisadora e coordenadora do estudo da Fiocruz, Maria Helena Machado, em entrevista ao portal da instituição.

Confira aqui um guia com perguntas frequentes sobre a pesquisa.

Acesse a pesquisa clicando neste link.

Informativo

03/09 - Pesquisa da Fiocruz conta com a contribuição de cirurgiões-dentistas que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus

03/09/2020 às 17:28

Com o objetivo de conhecer melhor a vida e o trabalho dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia do coronavírus, a Fiocruz, em parceria com o Conselho Federal de Enfermagem e o Conselho Federal de Medicina, desenvolveu uma pesquisa direcionada a estes profissionais, incluindo os cirurgiões-dentistas.

“É importante que todos os cirurgiões-dentistas que trabalham na assistência à população com suspeita ou diagnóstico de covid-19 contribuam para a pesquisa e colaborem com as suas visões dos atendimentos realizados”, declara o presidente do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), Marcos Capez.

O estudo tem como intuito conhecer as condições de trabalho dos profissionais que atuam diretamente na assistência e no combate à covid-19. “Mesmo diante de um cenário de pandemia, observamos denúncias e relatos de profissionais que estão em situação de precarização do vínculo de trabalho, salários atrasados, insegurança e sobrecarga que geram stress, adoecimento e desgastes físicos e psíquicos. Conhecer a realidade desse profissional contribuirá para o direcionamento de ações, estratégias e políticas públicas que promovam a melhoria das condições de trabalho das categorias atuantes no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A participação dos profissionais é muito importante para delinearmos o cenário atual”, afirmou a pesquisadora e coordenadora do estudo da Fiocruz, Maria Helena Machado, em entrevista ao portal da instituição.

Confira aqui um guia com perguntas frequentes sobre a pesquisa.

Acesse a pesquisa clicando neste link.