line
logo
Menu

Informativo

23/03 - A partir de hoje profissionais de saúde bucal devem tomar a vacina contra gripe, alerta CROSP

23/03/2020 às 10:33

Começou hoje (23/03) a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe (influenza e H1N1). Nesta fase, os profissionais de saúde das redes pública e privada, e pessoas acima de 60 anos, serão imunizados.

Vale ressaltar que a vacina não protege contra o novo coronavírus, mas a intenção do Ministério da Saúde com a iniciativa é conter a sobrecarga nos atendimentos hospitalares, bem como auxiliar na triagem de pacientes acelerando o diagnóstico de casos suspeitos de Covid-19.

A orientação conjunta do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) e do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (COSEMS/SP) é para que todos os profissionais de saúde bucal, redes pública ou privada, se imunizem com a vacina.

Para se imunizar os profissionais devem recorrer às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e comprovarem a atuação profissional apresentando a carteira de inscrição do CROSP. Caso a UBS se recuse a fazer a aplicação, é possível contatar a Secretaria de Saúde do município para que o estabelecimento seja notificado por ilegalidade praticada, ainda segundo orientação COSEMS/SP.

Nas próximas fases da campanha, entre 16/04 e 09/05, receberão a vacina pessoas com doenças crônicas, professores (redes pública e privada), profissionais das forças de segurança e salvamento, crianças de seis meses a menores de 6 anos, pessoas entre 55 e 59 anos, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional e jovens entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas. 

Informativo

23/03 - A partir de hoje profissionais de saúde bucal devem tomar a vacina contra gripe, alerta CROSP

23/03/2020 às 10:33

Começou hoje (23/03) a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe (influenza e H1N1). Nesta fase, os profissionais de saúde das redes pública e privada, e pessoas acima de 60 anos, serão imunizados.

Vale ressaltar que a vacina não protege contra o novo coronavírus, mas a intenção do Ministério da Saúde com a iniciativa é conter a sobrecarga nos atendimentos hospitalares, bem como auxiliar na triagem de pacientes acelerando o diagnóstico de casos suspeitos de Covid-19.

A orientação conjunta do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) e do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (COSEMS/SP) é para que todos os profissionais de saúde bucal, redes pública ou privada, se imunizem com a vacina.

Para se imunizar os profissionais devem recorrer às Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e comprovarem a atuação profissional apresentando a carteira de inscrição do CROSP. Caso a UBS se recuse a fazer a aplicação, é possível contatar a Secretaria de Saúde do município para que o estabelecimento seja notificado por ilegalidade praticada, ainda segundo orientação COSEMS/SP.

Nas próximas fases da campanha, entre 16/04 e 09/05, receberão a vacina pessoas com doenças crônicas, professores (redes pública e privada), profissionais das forças de segurança e salvamento, crianças de seis meses a menores de 6 anos, pessoas entre 55 e 59 anos, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional e jovens entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas.