line
logo
Menu

Informativo

Carteira profissional também comprova a identidade

31/10/2019 às 12:03

Muitos inscritos ainda não sabem, mas a carteira profissional expedida pelo Conselho Regional de Odontologia de São Paulo também é válida como prova de identidade. A legitimidade se dá pela Lei Federal nº 6.206/75, que determina que a carteira emitida por órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional, sirvam como prova de identidade legal em todo o território nacional.

É possível apresentar esse documento para circunstâncias nas quais a identificação civil para fins legais seja necessária, como abrir uma conta bancária, contratar um serviço, fazer uma compra e alugar um carro, entre outras situações.

Vale lembrar que, desde 2011, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) também reconhece a carteira profissional como documento válido para embarque em viagens nacionais.  Além de servir como prova de identidade civil, a carteira profissional comprova a habilitação profissional para o exercício das atividades de cirurgiã(o)-dentista. 

Emissão 

Para que a(o) cirurgiã(o) dentista faça sua inscrição no CROSP e tenha sua carteira profissional, é necessário comparecer à autarquia com os seguintes documentos:

-     Diploma original (Inscrição Definitiva) ou Certificado de Conclusão de Curso (Inscrição Provisória);

-      Histórico escolar referente ao curso de Odontologia;

-      Documento de Identidade Civil (RG/CNH), CPF, título eleitoral, certificado de reservista, certidão de nascimento ou de casamento (para casados);

-      Comprovante de endereço atualizado (água, luz, telefone);

-      Uma foto 2x2 e uma 3x4.

O atendimento para sanar dúvidas sobre a emissão de 1ª e 2ª via da carteira profissional pode ser realizado por meio do canal Fale Conosco, e para agendar o atendimento presencial, a(o) profissional deve acessar o CROSP ATENDE, ambos serviços podem ser acessados pelo site.

Informativo

Carteira profissional também comprova a identidade

31/10/2019 às 12:03

Muitos inscritos ainda não sabem, mas a carteira profissional expedida pelo Conselho Regional de Odontologia de São Paulo também é válida como prova de identidade. A legitimidade se dá pela Lei Federal nº 6.206/75, que determina que a carteira emitida por órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional, sirvam como prova de identidade legal em todo o território nacional.

É possível apresentar esse documento para circunstâncias nas quais a identificação civil para fins legais seja necessária, como abrir uma conta bancária, contratar um serviço, fazer uma compra e alugar um carro, entre outras situações.

Vale lembrar que, desde 2011, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) também reconhece a carteira profissional como documento válido para embarque em viagens nacionais.  Além de servir como prova de identidade civil, a carteira profissional comprova a habilitação profissional para o exercício das atividades de cirurgiã(o)-dentista. 

Emissão 

Para que a(o) cirurgiã(o) dentista faça sua inscrição no CROSP e tenha sua carteira profissional, é necessário comparecer à autarquia com os seguintes documentos:

-     Diploma original (Inscrição Definitiva) ou Certificado de Conclusão de Curso (Inscrição Provisória);

-      Histórico escolar referente ao curso de Odontologia;

-      Documento de Identidade Civil (RG/CNH), CPF, título eleitoral, certificado de reservista, certidão de nascimento ou de casamento (para casados);

-      Comprovante de endereço atualizado (água, luz, telefone);

-      Uma foto 2x2 e uma 3x4.

O atendimento para sanar dúvidas sobre a emissão de 1ª e 2ª via da carteira profissional pode ser realizado por meio do canal Fale Conosco, e para agendar o atendimento presencial, a(o) profissional deve acessar o CROSP ATENDE, ambos serviços podem ser acessados pelo site.