line
logo
Menu

Informativo

Detectado mais um caso de exercício ilegal no interior

01/12/2017 às 12:23

Fiscais do Conselho Regional de Odontologia (CROSP) identificaram mais um caso de exercício ilegal da profissão. Desta vez o flagrante aconteceu em Itapetininga, no dia 30.11.

Após denúncia recebida pelos canais de comunicação do CROSP, uma equipe se dirigiu até o local. No endereço constataram o fato, visto que encontraram uma paciente em atendimento pelo denunciado.

Ao ser questionado sobre sua identificação profissional, o suposto cirurgião-dentista afirmou possuir conclusão de curso técnico em prótese dentária, porém permanece sem inscrição no Conselho como TPD. Além disso, reconheceu que prestava alguns atendimentos no local.

Dessa forma, todos os envolvidos foram conduzidos ao 1º Distrito Policial de Itapetininga, onde foi lavrado o boletim de ocorrência.

O exercício ilegal da Odontologia é crime previsto no Código Penal em seu Art. 282: exercer, ainda que a título gratuito, a profissão de médico, dentista ou farmacêutico, sem autorização legal ou excedendo-lhe os limites.

Casos como este comprovam mais uma vez a importância dos canais de comunicação do CROSP para denúncias. Para informar sobre o exercício ilegal acesse o link.

Informativo

Detectado mais um caso de exercício ilegal no interior

01/12/2017 às 12:23

Fiscais do Conselho Regional de Odontologia (CROSP) identificaram mais um caso de exercício ilegal da profissão. Desta vez o flagrante aconteceu em Itapetininga, no dia 30.11.

Após denúncia recebida pelos canais de comunicação do CROSP, uma equipe se dirigiu até o local. No endereço constataram o fato, visto que encontraram uma paciente em atendimento pelo denunciado.

Ao ser questionado sobre sua identificação profissional, o suposto cirurgião-dentista afirmou possuir conclusão de curso técnico em prótese dentária, porém permanece sem inscrição no Conselho como TPD. Além disso, reconheceu que prestava alguns atendimentos no local.

Dessa forma, todos os envolvidos foram conduzidos ao 1º Distrito Policial de Itapetininga, onde foi lavrado o boletim de ocorrência.

O exercício ilegal da Odontologia é crime previsto no Código Penal em seu Art. 282: exercer, ainda que a título gratuito, a profissão de médico, dentista ou farmacêutico, sem autorização legal ou excedendo-lhe os limites.

Casos como este comprovam mais uma vez a importância dos canais de comunicação do CROSP para denúncias. Para informar sobre o exercício ilegal acesse o link.