line
logo
Menu

Informativo

Denúncia do CROSP resulta em prisão de falso cirurgião-dentista em Arujá

01/08/2017 às 15:15

Após o envio de ofício do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), a Polícia Civil da cidade de Arujá confirmou, no dia 28.07, o exercício ilegal da profissão praticado por um homem de 24 anos que se passava por cirurgião-dentista.

Há cerca de um mês o CROSP comunicou a Polícia Civil informando a suspeita. No documento o Conselho relatou que o suposto profissional se apresentava com o nome Felipe Silva e divulgava nas redes sociais a disponibilidade para a instalação de aparelhos ortodônticos. Os investigadores descobriram que o suspeito não é de Arujá, mas tinha clientes agendados para o final do mês de julho na cidade. Ele foi preso quando chegava ao município com materiais odontológicos comumente utilizados para Ortodontia e, inclusive, uma máquina para pagamentos através de cartão.

De acordo com o chefe dos investigadores da delegacia de Arujá, Gustavo Marques, o homem foi posteriormente identificado como Jhonatan Saraiva Chagas e tem 24 anos. “Ele responderá por exercício ilegal da medicina ou arte dentária e ficará preso em razão deste fato, assim como  por dirigir com habilitação cassada. Nosso próximo passo será a identificação das vítimas”. Ainda, segundo o investigador, o suspeito já possuía passagem anterior pelo mesmo crime.

Casos de exercício ilegal da profissão têm sido frequentemente noticiados pelo site do Conselho. Para identificá-los, a fiscalização tem contado com o apoio de denúncias que podem ser feitas pelo site e também pelo aplicativo do CROSP. Neste link estão todas as informações para contato com o Conselho.

Informativo

Denúncia do CROSP resulta em prisão de falso cirurgião-dentista em Arujá

01/08/2017 às 15:15

Após o envio de ofício do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), a Polícia Civil da cidade de Arujá confirmou, no dia 28.07, o exercício ilegal da profissão praticado por um homem de 24 anos que se passava por cirurgião-dentista.

Há cerca de um mês o CROSP comunicou a Polícia Civil informando a suspeita. No documento o Conselho relatou que o suposto profissional se apresentava com o nome Felipe Silva e divulgava nas redes sociais a disponibilidade para a instalação de aparelhos ortodônticos. Os investigadores descobriram que o suspeito não é de Arujá, mas tinha clientes agendados para o final do mês de julho na cidade. Ele foi preso quando chegava ao município com materiais odontológicos comumente utilizados para Ortodontia e, inclusive, uma máquina para pagamentos através de cartão.

De acordo com o chefe dos investigadores da delegacia de Arujá, Gustavo Marques, o homem foi posteriormente identificado como Jhonatan Saraiva Chagas e tem 24 anos. “Ele responderá por exercício ilegal da medicina ou arte dentária e ficará preso em razão deste fato, assim como  por dirigir com habilitação cassada. Nosso próximo passo será a identificação das vítimas”. Ainda, segundo o investigador, o suspeito já possuía passagem anterior pelo mesmo crime.

Casos de exercício ilegal da profissão têm sido frequentemente noticiados pelo site do Conselho. Para identificá-los, a fiscalização tem contado com o apoio de denúncias que podem ser feitas pelo site e também pelo aplicativo do CROSP. Neste link estão todas as informações para contato com o Conselho.