line
logo
Menu

Funcionários Públicos

Deputados voltam a prestar apoio ao PL que prevê novo plano de cargos e salários dos dentistas servidores do Estado

01/12/2016 às 15:34

Integrantes do Grupo de Trabalho (GT) de Cirurgiões-Dentistas Servidores do Estado voltaram a percorrer o gabinete de deputados na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), com a finalidade de solicitar apoio à equiparação salarial de cirurgiões-dentistas e médicos.

Divididos em dois grupos, eles fizeram contato com os deputados Ed Thomas, Roberto Morais, João Caramez e Fernando Cury. “Voltamos a solicitar o apoio deles para a promoção da equiparação. Não sabemos se será possível uma emenda para o orçamento do ano que vem, mas continuaremos acompanhando”, disse uma das integrantes do GT, Kátia Vassalo.

O presidente do CROSP, Claudio Miyake, também visitou na oportunidade, o gabinete do deputado Estevam Galvão, presidente da Comissão de Orçamento da Alesp. Durante a conversa, o parlamentar se propôs a conversar com o chefe da Secretaria de Estado da Casa Civil, Samuel Moreira, para solicitar o breve envio do PL que prevê novo plano de cargos e salários dos cirurgiões-dentistas do Estado.

O texto está sob avaliação do Governo e ainda não retornou à Alesp para que seja votado pelos parlamentares. A possibilidade de verba no orçamento de 2017 que promova a equiparação salarial também tem sido descartada pela administração estadual, que justifica falta de recursos para tal pleito.

Até o final do ano, o GT ainda realizará mais uma reunião na sede do CROSP, que tem prestado apoio a aprovação do PL.

 

Funcionários Públicos

Deputados voltam a prestar apoio ao PL que prevê novo plano de cargos e salários dos dentistas servidores do Estado

01/12/2016 às 15:34

Integrantes do Grupo de Trabalho (GT) de Cirurgiões-Dentistas Servidores do Estado voltaram a percorrer o gabinete de deputados na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), com a finalidade de solicitar apoio à equiparação salarial de cirurgiões-dentistas e médicos.

Divididos em dois grupos, eles fizeram contato com os deputados Ed Thomas, Roberto Morais, João Caramez e Fernando Cury. “Voltamos a solicitar o apoio deles para a promoção da equiparação. Não sabemos se será possível uma emenda para o orçamento do ano que vem, mas continuaremos acompanhando”, disse uma das integrantes do GT, Kátia Vassalo.

O presidente do CROSP, Claudio Miyake, também visitou na oportunidade, o gabinete do deputado Estevam Galvão, presidente da Comissão de Orçamento da Alesp. Durante a conversa, o parlamentar se propôs a conversar com o chefe da Secretaria de Estado da Casa Civil, Samuel Moreira, para solicitar o breve envio do PL que prevê novo plano de cargos e salários dos cirurgiões-dentistas do Estado.

O texto está sob avaliação do Governo e ainda não retornou à Alesp para que seja votado pelos parlamentares. A possibilidade de verba no orçamento de 2017 que promova a equiparação salarial também tem sido descartada pela administração estadual, que justifica falta de recursos para tal pleito.

Até o final do ano, o GT ainda realizará mais uma reunião na sede do CROSP, que tem prestado apoio a aprovação do PL.