line
logo
Menu

Câmaras Técnicas

Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal


Esta Câmara Técnica foi instituída com o objetivo de valorizar os profissionais auxiliares em saúde bucal e, assim, dinamizar a presença nas equipes de saúde.

Acredita-se que a partir do reconhecimento do Auxiliar em Saúde Bucal (ASB) e do Técnico em Saúde Bucal (TSB) como profissões pela Lei 11.889/08, tanto o Conselho Federal de Odontologia (CFO) quanto os Conselhos Regionais adequaram-se a essa nova realidade.

O CROSP foi pioneiro nesse sentido, criando esta Câmara Técnica. Inicialmente, ela foi representada por auxiliares e técnicos em saúde bucal para que fosse possível pensar em projetos pela valorização da Odontologia incluindo estes profissionais.

A Câmara Técnica ampliou o número de componentes, incluindo também cirurgiões-dentistas com a responsabilidade de formar uma Comissão de Ensino para avaliar, definir e uniformizar grades curriculares mínimas; distribuição de carga horária (aulas teóricas, práticas e estágios obrigatórios) de cursos regulares de qualificação em ASB e formação em TSB, bem como estabelecer normas para a implantação, acompanhamento e controle de funcionamento de cursos à distância (EAD), pois, a partir do momento em que foram reconhecidas estas profissões houve a necessidade de ampliar estes cursos.

Devido a isso observou-se a necessidade de buscar uma padronização que garantisse a sua qualidade e eficácia. A CT tem ainda, a função de supervisionar e fiscalizar as decisões da Comissão de Ensino.

 

ATRIBUIÇÕES


a) Analisar e emitir parecer de cunho orientativo nos processos de inscrição de Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal, bem como opinar em consultas sobre estas duas categorias profissionais.

b) Apresentar sugestões relacionadas ao exercício profissional do Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal à diretoria do CROSP.

c) Dar ciência a todos os encaminhamentos feitos pelo CROSP relativos ao Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal.

d) Participar de reuniões onde sejam discutidos assuntos sobre os Técnicos em Saúde Bucal ou Auxiliar em Saúde Bucal no âmbito do CROSP.

e) Assegurar a participação da Câmara Técnica em eventos no âmbito do exercício profissional dos Técnicos em Saúde Bucal e/ou dos Auxiliares em Saúde Bucal.

f) Incentivar a participação dos profissionais auxiliares em atividades que visem o aprimoramento educacional, em escolas e entidades representativas que promovam cursos, simpósios, seminários, enfim, ações de incentivo à educação continuada.

g) Participar das discussões que visem a melhoria na qualidade dos cursos de capacitação e formação de Técnicos em Saúde Bucal e Auxiliares em Saúde Bucal no estado de São Paulo.

 

ATRIBUIÇÕES

camaratecnicatsbasb@crosp.org.br

Portal de Especialidades

Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal


Esta Câmara Técnica foi instituída com o objetivo de valorizar os profissionais auxiliares em saúde bucal e, assim, dinamizar a presença nas equipes de saúde.

Acredita-se que a partir do reconhecimento do Auxiliar em Saúde Bucal (ASB) e do Técnico em Saúde Bucal (TSB) como profissões pela Lei 11.889/08, tanto o Conselho Federal de Odontologia (CFO) quanto os Conselhos Regionais adequaram-se a essa nova realidade.

O CROSP foi pioneiro nesse sentido, criando esta Câmara Técnica. Inicialmente, ela foi representada por auxiliares e técnicos em saúde bucal para que fosse possível pensar em projetos pela valorização da Odontologia incluindo estes profissionais.

A Câmara Técnica ampliou o número de componentes, incluindo também cirurgiões-dentistas com a responsabilidade de formar uma Comissão de Ensino para avaliar, definir e uniformizar grades curriculares mínimas; distribuição de carga horária (aulas teóricas, práticas e estágios obrigatórios) de cursos regulares de qualificação em ASB e formação em TSB, bem como estabelecer normas para a implantação, acompanhamento e controle de funcionamento de cursos à distância (EAD), pois, a partir do momento em que foram reconhecidas estas profissões houve a necessidade de ampliar estes cursos.

Devido a isso observou-se a necessidade de buscar uma padronização que garantisse a sua qualidade e eficácia. A CT tem ainda, a função de supervisionar e fiscalizar as decisões da Comissão de Ensino.

 

ATRIBUIÇÕES


a) Analisar e emitir parecer de cunho orientativo nos processos de inscrição de Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal, bem como opinar em consultas sobre estas duas categorias profissionais.

b) Apresentar sugestões relacionadas ao exercício profissional do Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal à diretoria do CROSP.

c) Dar ciência a todos os encaminhamentos feitos pelo CROSP relativos ao Técnico em Saúde Bucal e Auxiliar em Saúde Bucal.

d) Participar de reuniões onde sejam discutidos assuntos sobre os Técnicos em Saúde Bucal ou Auxiliar em Saúde Bucal no âmbito do CROSP.

e) Assegurar a participação da Câmara Técnica em eventos no âmbito do exercício profissional dos Técnicos em Saúde Bucal e/ou dos Auxiliares em Saúde Bucal.

f) Incentivar a participação dos profissionais auxiliares em atividades que visem o aprimoramento educacional, em escolas e entidades representativas que promovam cursos, simpósios, seminários, enfim, ações de incentivo à educação continuada.

g) Participar das discussões que visem a melhoria na qualidade dos cursos de capacitação e formação de Técnicos em Saúde Bucal e Auxiliares em Saúde Bucal no estado de São Paulo.

 

ATRIBUIÇÕES

camaratecnicatsbasb@crosp.org.br