line
logo
Menu
Notícias Ver todas
Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal: inscrições continuam abertas
07/08/2018
<
>
14/08/2018

Programa da TV ALESP aborda proibição de cursos a distância na área da saúde

O programa Em Discussão, da TV Alesp, abordou na edição de 13.08, o funcionamento e a abertura de vagas para cursos de ensino técnico e nível superior, totalmente a distância, na área da saúde. Marcelo Januzzi, professor e conselheiro do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP), representou a autarquia na ocasião. O debate comandado pelo apresentador, Jorge Machado, também contou com a presença dos presidentes do Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRFSP), Marcos Machado Ferreira, do Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (CREFITTO-3), José Renato de Oliveira Leite e do 2º secretário do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren), Paulo Cobellis Gomes. Representando o Fórum dos Conselhos Atividade Fim da Saúde (FCAFS), os convidados se manifestaram contra os cursos totalmente a distância, na área da saúde, e pediram agilidade na aprovação do PL nº 710/2016, de autoria do deputado Carlos Neder, apensado ao de nº 547, do já falecido deputado, Celso Giglio. O projeto que proíbe a realização de cursos de nível técnico e médio totalmente EAD na área da saúde pode ser votado ainda neste ano, segundo Neder.  “Infelizmente não conseguiremos votar o projeto nesse momento, pois a ALESP está paralisada em face da disputa eleitoral. Mas tenho expectativa que possa acontecer ainda em 2018 ”, aponta. Para Januzzi, a participação do CROSP é de grande importância, a fim de garantir a formação adequada e por consequência o atendimento de qualidade à população. “Apesar de ainda não termos cursos de Odontologia totalmente nesta modalidade, é importante nos mobilizarmos, pois não é possível a formação integralmente à distância quando se fala em saúde”, comentou o conselheiro do CROSP. Confira aqui o programa.  
Leia mais..
14/08/2018

CROSP comparece a formaturas em Campinas e Ribeirão Preto

Alunos de Odontologia da Universidade Paulista (UNIP), de Campinas, e Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) colaram grau no final de julho. A convite das instituições, o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) esteve presente nas cerimônias. Em Campinas, a autarquia esteve representada pelo conselheiro Nilden Carlos Alves Cardoso, que entregou para formanda Narriman Gabrieli Ricci Alves da Silva o Prêmio do CROSP Professor João Sampaio Doria. Na solenidade em Ribeirão Preto, o delegado do Conselho Antonio Carlos Furlan foi quem compareceu à solenidade. Na ocasião, a aluna Letícia Gabiati Soares recebeu o prêmio do CROSP. Premiação do Conselho O Conselho criou a premiação, na década 1970, com objetivo de reconhecer a importância de uma formação de qualidade, bem como estimulá-la por meio do prêmio. Os ganhadores, indicados pelas faculdades, são aqueles com as maiores médias aritméticas do início ao fim do curso. O Prêmio também é uma reverência ao professor que foi ministrador das primeiras aulas de Ética da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo.
Leia mais..
13/08/2018

Governo Federal deu início à segunda fase de implementação do eSocial

A partir de janeiro de 2018, iniciou-se a primeira etapa da implementação do eSocial, um novo modelo de registro de informações relativas aos trabalhadores do País e às atribuições fiscais, previdenciárias e trabalhistas. O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) alerta que os cirurgiões-dentistas que possuem estabelecimentos odontológicos devem estar atentos às datas referentes ao envio de dados. O sistema irá integrar os dados em um banco único administrado pelo Governo Federal. Ao todo, serão mais de 40 milhões de empregados, oito milhões de empresas e 80 mil escritórios de contabilidade registrados. De acordo com o site da União, a execução do eSocial “viabilizará garantia aos diretos fiscais, racionalizará e simplificará o cumprimento de obrigações, eliminará a redundância nas informações prestadas pelas pessoas físicas e jurídicas, e aprimorará a qualidade das informações das relações de trabalho, previdenciárias e tributárias”. São três etapas para a execução total do sistema, cada uma é dividida em cinco fases. Em um primeiro momento, começaram a ser recolhidos os dados de empresas com um faturamento anual superior a R$ 78 milhões. Iniciou-se em janeiro de 2018 e tem previsão de término para o primeiro mês de 2019. Em seguida, os demais estabelecimentos privados, incluindo Simples e Micro Empreendedores Individuais que possuam empregados, serão solicitados. Essa segunda fase começou em julho deste ano e também terminará em janeiro de 2019. Por fim, inicia-se a última etapa, em janeiro de 2019. Nesse período, serão requeridas informações de entes públicos e pessoas físicas que possuam empregados, exceto empregador doméstico. Esse período começará em janeiro de 2019 e terminará em julho do mesmo ano. No final de cada etapa, deverão ser enviados os dados de segurança e saúde do trabalhador. O projeto é uma ação conjunta entre Secretaria da Receita Federal do Brasil, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social e Ministério do Trabalho. Para saber mais sobre as datas referentes ao envio de dados, acesse o site do Governo Federal que contém todas as informações necessárias.
Leia mais..

Cirurgião-Dentista Empreendedor

Cirurgião-Dentista Empreendedor

Acesse aqui indicadores da Odontologia.

Acesse aqui indicadores da Odontologia.

Guia Prático - volume 3

Guia Prático - volume 3
Notícias Ver todas

Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal: inscrições continuam abertas

Programa da TV ALESP aborda proibição de cursos a distância na área da saúde

CROSP comparece a formaturas em Campinas e Ribeirão Preto

Governo Federal deu início à segunda fase de implementação do eSocial

Destaques
Cirurgião-Dentista Empreendedor
Acesse aqui indicadores da Odontologia.
Guia Prático - volume 3
CROSP  ATENDE
Contato IMPRENSA
Como DENUNCIAR
Fale CONOSCO